Skip to main content

Monitoramento de Rede com Raspberry PI 3 – Parte I (Instalando o Raspbian Lite Buster e ativando SSH)

Salve a todos mais uma vez!

Esse vai ser a primeira parte de 3 tutoriais com vídeos, explicando como usar seu Raspberry Pi (testado no 3, mas funciona em todas as versões) para um monitoramento de rede usando o Zabbix para gerar os dados e o Grafana para uma visualização mais elegante deles. Porém, para isso funcionar, é necessário ter instalado o sistema operacional Raspbian e o LAMP (Sigla para Linux Apache MySql e PHP).

Instalando o sistema operacional Raspbian (Debian 10, buster)

1 – Primeiramente iremos fazer o download da versão do Raspbian Lite, que como o próprio nome diz, é a versão mais leve do SO e possui somente o básico para começar. Acesse o site do Rasperry Pi e baixe o sistema através desse link

Raspbian Lite, versão que iremos usar para esse tutorial

2 – Após baixar o arquivo, efetue a descompactação para obter um arquivo no formato .img.

Arquivo .img descompactado após o download

3 – Agora será necessário fazer o download do programa necessário para realizar a instalação da imagem do SO no cartão micro SD. Indicamos usar o Balena Etcher, que suporta todas as plataformas (Linux, Mac e Windows). Para baixá-lo, basta acessar o site dos desenvolvedores nesse link.

Balena Etcher, compatível com Windows, MacOS e Linux

4 – Após baixar o Balena Etcher, siga as instruções para instalá-lo (concordar, avançar, finalizar). Em seguida abra o Balena Etcher e selecione o arquivo da imagem do Raspbian Lite. Selecione o cartão SD no qual você deseja instalar o Raspbian. Não se esqueça de verificar se está copiando os arquivos para o local correto, pois a ação irá limpar o que há no cartão SD antes de transferir o sistema operacional. Após confirmar o local onde será transferido, você pode prosseguir com o processo de gravação até finalizá-lo.

5. Após gravar o arquivo, retire o cartão de memória do seu computador/notebook e insira-o novamente. Se perguntar para formatar (se estiver usando o Windows), escolha cancelar.

6. Abra a partição “boot” e dentre dele crie um arquivo sem extensão com o nome ssh. Isso é necessário para ativar o ssh no Raspberry, dessa forma basta conectar um cabo de rede e em seguida identificar o IP que ele pegou, usando o seu próprio roteador ou usando o Advanced IP Scaner que pode ser baixado nesse link.

Para não haver dúvidas ou erros, deixo abaixo um vídeo mostrando todo passo a passo mencionado. Após seguir tudo direitinho, você já pode ir para a próxima postagem com a segunda parte do tutorial de monitoramento de rede com Raspberry Pi 3

One thought to “Monitoramento de Rede com Raspberry PI 3 – Parte I (Instalando o Raspbian Lite Buster e ativando SSH)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: